12 setembro 2011

A Palavra

Olá! :)

Os últimos posts foram programados por causa da minha agenda cheia, infelizmente até o final do mês a correria vai continuar.

Não quero deixar o Chá para Dois gelar, mas sabe quando você tem vários assuntos para contar para alguém e parece que ao mesmo tempo você não consegue contar nada?

Então resolvi extrair de um livro algumas palavras. Confira:

"... A palavra, quando destrói, o faz de forma cruel. Quantos casamentos são desfeitos pela palavra mal colocada, quantas amizades terminam pela palavra mal proferida. Quantas pessoas se esforçam para destruir, e não para construir. Trazem infelicidade às vidas alheias e às próprias."  Ágape - Pe Marcelo Rossi, página 100

Quantas vezes quis expressar um sentimento e fui mal interpretada. Muitas e muitas vezes um comentário meu foi o suficiente para formar uma tempestade... E essas coisas que já aconteceram não foi porque eu desejei ter dito ou desejei semear a discórdia.

E a fofoca? Quem nunca foi alvo de qualquer comentário? Não importa o tamanho da intensidade...
Então hoje eu peço a você as respostas das seguintes perguntas:

  • O que fazer quando somos alvos de fofoca? Tiramos a limpo ou deixamos para lá?
  • E como lidar quando falamos algo e o outro entendeu errado? Será que dá pra concertar?

Vou ficando por aqui, aguardo seu comentário para poder concluir esse pensamento ^^
Ahh e a foto, fui eu que tirei... ^^ Boa semana!
Postado por Duda - @cha_para_dois às 13:24

5 comentários:

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Difícil hein...

Eu geralmente fico quieta, deixo pra lá. Mas quando a pessoa insiste, ela me tira do sério! Falar de mim sem motivo é demais. Esses tempos estava rolando um comentário de que eu e o Cleiton estávamos separados. Oii? Fiquei indignada amiga! Nem tenho contato com a pessoa e minha vontade foi tirar satisfação, mas esse eu vi que não valia a pena. Deixei pra lá, mas o sangue ferveu!

E essa história de entender errado o que falamos, escrevemos é pior ainda. Quando é um conversa pessoalmente, você consegue ver as expressões da pessoa, mas quando é por email, msg, msn é mais difícil. Não sabemos realmente o que o outro quer dizer e se fomos interpretados corretamente.

Já aconteceu várias vezes conosco isso e hoje eu vejo que depende muito do momento também. Stress geral causa má interpretação! rs

Mas eu sempre digo: Ignore. E se a pessoa continuar, dá um chega pra lá que isso acaba ;)

P.S.: Amiga, sei que fiz errado respondendo, mas era a única maneira de dar o recado. Apesar de quase ter certeza de quem seja. Mas bloqueei comentários anônimos e não quero mais me estressar. Ela aparece todo dia, mas assim não me incomoda mais ^^

Angélica disse...

Então Dudinha, já fui alvo de fofoca, de intriga e é muito ruim. Ainda mais quando não fizemos por mau ou simplesmente nem fizemos nada do que está sendo dito pelas pessoas. Quando é fofoca de internet que rola eu me pronuncio uma vez apenas para expor a minha defesa e pronto. O ideal é não colocar mais lenha na fogueira. Agora, fugir não é legal viu? A melhor coisa que você faz é não dá ibope. ;) Até porque dependendo do que agente fala, ainda mais na internet, pode ser interpretado de maneira errada aí fica pior ainda a situação...

Mas quando o caso é com um amigo, um familiar o melhor que você pode fazer é tentar conversar com aquela pessoa. Se seu comentário a ofendeu ou causou algum problema um simples pedido de desculpa ajuda bastante! :) Ou caso seja fofoquinha e tal de repente nem vale entrar na vibe do acontecimento. Se você tem sua consciência limpa fique tranquila que logo logo a fofoca vai embora! ;)

Beijokas lindonaaa! =****

pode me chamar de Mandy :3 disse...

oi, td bem? gostei do post, e quanto à fofoca, ela é ruim mesmo. Eu acho que conversar sobre seria a melhor escolha, uma conversa pacífica resolveria tudo e ainda seria um tapa na cara da pessoa. E sempre tem alguém que nos entende errado, já me acostumei com isso. Tentar concertar pode (ou não) piorar a situação.

aah, tem selinho pra vc no Um Pouco Alice. Não sei se vc liga mt pra isso, mas eu te indiquei ^^

http://alittlebit-alice.blogspot.com/2011/09/eba-mais-selinho.html

beijo, boa semana!

Carolzinha disse...

Oi Dudinha

Sobre a fofoca...eu costumo ignorar pois acredito que quando se trata de disse-me-disse, quanto mais você se pronunciar, quanto mais o assunto render, mais o problema cresce e a fofoca se espalha e aumenta. É como aquele ditado "quem conta um conto, aumenta um ponto". A fofoca se prolifera e como ela vive de palavras mal ditas (ou malditas) o melhor é se calar, ignorar.

Quanto a ser mal interpretado. Nossa! Eu já sofri (e ainda sofro) com isso. Sinto que as vezes as pessoas interpretam as minhas palavras conforme suas expectativas, entendem o que querem entender e aí é inevitável: dá confusão!
Nesse ponto eu tento esclarecer, nunca me desculpando porque fica parecendo que quero "desdizer" o dito, mas sim mostrando a pessoa que a sua interpretação foi equivocada.

Duas situações dificeis, desgastantes, mas que tenho certeza todo mundo já passou. O importante mesmo é não se deixar abalar e sair incolume.

Beijo enorme

Endry disse...

Bah, duas coisas muuuito chatas e complicadas :/
Sou, em muitas situações, mal interpretada. Tento explicar o equívoco, mas geralmente sofro muito com isso :(
Quanto a fofoca, o certo é ignorar, mas às vezes é muito complicado deixar pra lá, pois a fofoca envolve, geralmente, sentimentos, pessoas que amamos... É difícil.

Beijinhos, doce quinta! <3

Postar um comentário